sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A Espada da Esperança

Segue em partes a aventura completa criada para o gameday que realizamos no dia 21 de novembro.
Antes de ler este texto, leia: Nova Petrópolis Gameday 21 de Novembro

A Espada Mágica

No alto de uma das Montanhas Rachadas, em Erlkazar, descansa a pequena comunidade de Porhtlla, um assentamento de aldeões que vivem do cultivo do arroz. Situada em um vale esguio na montanha, é muito raro que a pequena Porhtlla tenha visitas, com excessão dos mercadores que vem esporadicamente em busca de seus grãos.
Erlkazar é um reino assolado por mortos vivos. Comunidades vampíricas governam o reino, mas Porhtlla aparentemente esta livre deste mal. Dizem alguns que o fato se deve de a vila ficar tão afastada, que os vampiros não tem interesse nela. Mas dizem outros que em Porhtlla reside um bem de valor incalculável capaz de afastar todo o mal. Seus aldeões acreditam que no centro de sua cidade dentro de seu poço se encontra uma arma de valor inestimável e que apenas saíra de seus domínios na mão de alguém que seja um verdadeiro campeão para o mundo.
Até hoje todos os que tentaram não obtiveram sucesso. Os aldeões acreditam que todos os que falharam eram indignos e estão felizes com o fato, pois acreditam que enquanto a arma permanecer no poço sua vila estará a salva da maldição que abranda Erlkazar.
Mas Erlkazar precisa ser libertada, e um grupo de heróis chega a comunidade de Porhtlla em busca do que pode ser a última esperança para o sofrido povo de todos os baronatos.

História de fundo,

Erlkazar foi condenada ao reinado dos vampiros a quase cem anos atrás quando o barão Purdun libertou a vampira Shiressa de sua tumba. Shiressa iniciou então seu reino, vampirizando vários grupos de pessoas descontentes com os baronatos. Mais tarde com a ajuda do Rei Korox, Purdun conseguiu eliminar relativamente a ameaça dos vampiros. Na verdade uma falsa vitória, pois Shiressa reergueu seu poder com a ajuda da Lamina Negra uma espada sentiente devoradora de seres vivos. A vampira acabou sendo subjugada e substituída por Saestra, outra vampira que é quem atualmente governa Erlkazar. A Lamina Negra de Shiressa era sentiente e da mesma forma que os vampiros ansiava pela alma dos vivos, mas era insaciável. Saestra acreditou que a lâmina mais a atrapalharia que a ajudaria e construiu uma câmara onde a aprisionou e confinou ao esquecimento.  Desde então praticamente todos os baronatos de Erlkazar sucumbiram aos vampiros. Saestra não querendo irromper no erro de sua predecessora passou a deixar em paz os aldeões e permitiu que os povos de Erlkazar tenham uma vida calma e tranqüila durante o dia, agindo e reclamando seu reinado apenas durante a noite. Durante este período a presença de campeões e aventureiros tentando libertar o povo de Erlkazar sempre foi um tormento para a vampira, pois ela se deparou com grandes desafios provindo de grupos de aventureiros. Era preciso lidar com esta ameaça de alguma forma. Alheio a este reino de terror no alto das Montanhas Rasgadas que margeam o reino, a vila de Porhtlla passou a ter vital valor nos planos de Saestra a Rainha-Vampira. O local se formara onde a Lamina Negra fora confinada. Confiando na irracionalidade da espada frente as formas de vida Saestra acreditou que finalmente havia encontrado uma utilidade para o artefato amaldiçoado.
A partir daquele momento a vila deixou de ser importunada pelos vampiros e em troca recebeu uma reputação bem acima do que deveria, deixando os aldeões (sem saber da verdade) e os vampiros felizes pelo acordo. Reputação esta que desvia os aventureiros de seu objetivo primário e os envia para uma armadilha mortal. Imediatamente o boato de que a vila era protegida por uma arma encantada capaz de lidar com os mortos vivos foi espalhado. E a partir daquele dia muitos foram os aventureiros que deixaram de importunar os planos da vampira.

Sobre a aventura,

A espada encantada não é uma aventura clássica onde os heróis obtém sucesso e clamam por um final heróico. Ela é uma lição. Embora os heróis possam conseguir evitar o final trágico da mesma, a aventura pode sim se transformar em um grande desastre, pois também é desenhada para que os mesmos aprendam uma grande lição: nem sempre o caminho mais fácil para um problema na vida é o correto. E a grande sabedoria reside em reconhecer os problemas que este caminho oferecem antes que seja tarde demais. Pois uma vez aceito determinado destino, não há mais volta.

A agenda secreta da Lamina Negra

A Lâmina Negra é uma entidade criada para destruir a raça humana e toda forma de vida. No inicio a Lâmina se satisfez em destruir os aventureiros que adentravam seu lar. Mas com o passar do tempo ela percebeu que precisava sair. Atualmente a Lâmina esta ciente de sua posição. Ela sabe que foi aprisionado por Saestra e esta sendo usada para destruir os inimigos da vampira. A espada no entanto agora formulou um plano. Ela planeja usar o corpo do próximo ser vivo como seu campeão. Ele será seu libertador e a espada será sua arma. Juntos eles escaparão de sua prisão e formarão um reino de terror. Um terror ainda mais vil e perigoso que o reino de Saestra. O reino da Lamina Negra.

Um comentário:

  1. Aguardando ansiosamente pela lista de desafios, com estratégias usadas.

    ResponderExcluir